Publicado em: Portal do Parque Tecnológico São José dos Campos
28 de Setembro de 2016

premio_concurso_eng_def_abimde-600px
A empresa é associada ao Cluster Aeroespacial e de Defesa do Parque Tecnológico que também está no evento

A abertura da 4ª Mostra BID Brasil ontem (27) foi marcada pela premiação da Altave como vencedora do Concurso Anual de Engenharia de Defesa, com o projeto do Aeróstato de Monitoramento Persistente. O concurso é uma iniciativa da ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) em parceria com a ANE (Academia Nacional de Engenharia) e tem por objetivo destacar e premiar as melhores soluções de engenharia implantadas nas empresas e instituições associadas durante o ano de 2015.

O diretor da Altave, Leonardo Mendes Nogueira, comemorou a premiação entre pequenas, médias e grandes empresas. “Realmente é um orgulho porque o Projeto OMNI das olimpíadas do Rio de Janeiro, que disputou esse concurso, foi o que trouxe resultados direto para as ruas durante aquele evento, tudo com a segurança. Foi a coroação do esforço da empresa para desenvolver nacionalmente uma tecnologia de alto valor agregado”, explicou.

Para Nogueira o apoio do Cluster Aeroespacial e de Defesa tem sido fundamental para as pesquisas locais e estreitamento de negócios com clientes. “A Altave é associada há cinco anos e sempre teve apoio do Parque Tecnológico. Desde reuniões até na promoção de exportação e participação em feiras como a de Farnborough (Inglaterra) que recentemente nos permitiu trazer clientes e compradores”, ressaltou o diretor.

Além da Altave, outras duas associadas ao Cluster Aeroespacial e de Defesa do Parque Tecnológico receberam os cumprimentos como finalistas no concurso: a BCA, com o Painel Balístico Autoadesivo “Neoplex Tape”; e, a IACIT, com o projeto de Detecção de Anomalias Ionosféricas Nocivas ao GNSS.

As demais finalistas foram a COLUMBUS, com o projeto de substituição do motor da viatura Urutu; FIEMG, com o projeto de Desenvolvimento e qualificação de fornecedores; HELIBRAS, com o Sistema Aerotransportado para Operações de C2I.

Para o diretor de desenvolvimento de negócios do Parque Tecnológico, Marcelo Sáfadi Alvares, a premiação da empresa associada, Altave, evidencia o nível das empresas que fazem parte do Cluster Aeroespacial e de Defesa. “O prêmio dessa empresa mostra como são excelentes as nossas associadas e as empresas que se relacionam conosco. Isso faz com que haja reconhecimento do valor que elas têm e a instituição seja procurada por diversos players do cenário nacional e internacional para o desenvolvimento de soluções”, diz o diretor.

É por conta dessa visibilidade é que o diretor reforça que “a participação do Parque Tecnológico em eventos como este é estratégica e abre portas para que os clientes conheçam as empresas aqui instaladas, as reconheçam, e estabeleçam um canal de relacionamento, fácil, ágil e duradouro”, finaliza Sáfadi.

O Parque Tecnológico e o Cluster Aeroespacial e de Defesa estão presentes no evento com um estande para receber visitantes e interessados em conhecer a instituição com objetivo de divulgar as empresas associadas e a organização como referência no setor de negócios aeroespaciais e de defesa.

A 4ª Mostra BID Brasil termina amanhã (29) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF). O evento tem uma característica única: promove o contato direto entre os empresários brasileiros e os Adidos Militares estrangeiros, membros diplomáticos e das forças armadas internacionais. O objetivo da exposição é abrir novos mercados e permitir que os produtos e serviços nacionais possam ser conhecidos por quem toma as decisões de aquisição no Brasil e em outros países.

Fonte: Portal do Parque Tecnológico São José dos Campos