Por ALTAVE | 04 de julho de 2017

ALTAVE é citada na cerimônia de comemoração de 20 anos do Programa de apoio à inovação em empresas (PIPE) da FAPESP

O Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) da FAPESP completou 20 anos no último dia 18 de junho. Em duas décadas – de forma regular e ininterrupta –, o PIPE apoiou 1.788 projetos de pesquisa de 1.100 pequenas empresas de base tecnológica situadas em 127 cidades no Estado de São Paulo.

Criado em 1997, o PIPE inaugurou uma nova modalidade de fomento na FAPESP: o apoio direto a pequenas empresas empreendedoras, em colaboração com as universidades e institutos de pesquisa. A iniciativa foi estratégica, já que, na época, o investimento de risco atraia pouco apoio do setor privado. Nessas duas décadas, o programa apoiou 1.788 projetos de pesquisa de 1.100 pequenas empresas de base tecnológica situadas em 127 cidades no Estado de São Paulo.

“O PIPE combina inovação tecnológica e meritocracia e se tornou o maior programa de apoio a startups do país. É um programa que, na prática, criou um grande aquário no qual os investidores querem vir pescar, na linguagem de técnicos do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] que nos visitaram recentemente”, disse José Goldemberg, presidente da FAPESP, na abertura do evento comemorativo realizado dia 29 de junho na sede da Fundação.”

Cases de sucesso

Os projetos apoiados pelo PIPE ao longo dessas duas últimas décadas resultaram no desenvolvimento de uma série de tecnologias, além da criação de milhares de empregos e na dinamização da economia dos municípios onde estão localizadas.

Alguns deles foram apresentados em um vídeo exibido durante o evento com depoimentos de diretores das empresas, e entre elas estava a ALTAVE, citada como desenvolvedora de soluções em monitoramento e conectividade:

“A ALTAVE, em São José dos Campos, desenvolveu veículos mais leves que o ar com múltiplas aplicações. Os balões podem ser utilizados no monitoramento de fronteiras, como links de comunicação e de acesso à banda larga.”

Também participaram da cerimônia de comemoração dos 20 anos do PIPE João Carlos Meirelles, secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, representando o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin; o deputado estadual Orlando Bolçone, presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação e Informação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo; Mauricio Juvenal, chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, representando o vice-governador e secretário Márcio França; Eduardo Moacyr Krieger, vice-presidente da FAPESP; Carlos Américo Pacheco, diretor-presidente do CTA da FAPESP; e Fernando Dias Menezes de Almeida, diretor administrativo da FAPESP.

“São Paulo tem um enorme orgulho da FAPESP, que é uma agência que tem a necessária independência, mas o total compromisso com os objetivos do Estado”, disse Meirelles.

Fonte: FAPESP